DEPOIMENTO DA POETA SANDRA DAHER

Achei produtiva e compensadora a idéia do projeto de formar leitores de poesia num público infantil talvez com menos oportunidades de leitura, desenvolvimento educacional e atenção por parte dos adultos. As meninas receberam com avidez os poemas que levei – alguns mais votados porque tinham mais a ver com seu universo. Por sugestão, fizeram poemas, dirigidos para a forma – rimas, aliterações. Acredito que, com o tempo, aquelas que forem mesmo despertadas para a poesia, já poderão estar mais focadas no conteúdo, se continuarem escrevendo. Mas somente a leitura de poemas pareceu-me também muito estimulante para entrarem no mundo da poesia. Foi proveitoso ter participado. Vocês estão de parabéns pela iniciativa!

Rosângela, obrigada por sua acolhida e ajuda com a turminha naquele dia. Pra mim foi ótimo, acho que valeu um pouquinho pras meninas também. E fiquei satisfeita porque a Cristina disse que trabalharia mais os textos com elas depois: vocabulário, por exemplo.
Katia, valeu sua sugestão de levar uma cópia de um poema para cada uma, elas gostam de receber material.
Angélica, parabéns, você sempre atuante!

COMENTÁRIO

A poeta Sandra Daher participou de nossas quartas poéticas do dia 7 de abril último de uma maneira que só as pessoas maduras e sábias são capazes: predominou a tranquilidade, a doçura e a elegância das emoções, uma dama da poesia. As meninas instintivamente cederam ao seu encanto e ficaram quietas escutando a poeta recitar algumas das poesias por ela selecionadas. Em seguida, por sugestão da mesma, a meninada escolhia dentre todas as poesias lidas, a sua favorita para recitar e praticamente todas participaram. Depois, munidas de papel e lápis, as crianças foram instigadas a escreverem o que vinha do coração depois destas leituras primorosas. Prontamente atenderam e novamente mergulharam em suas emoções já buriladas pela prática das leituras semanais de poesias. Uma certa intimidade conquistada com as letras poéticas. A unanimidade prevaleceu, cada uma trazia seus escritos e orgulhosas entregaram para a Sandra. Finalizando a tarde, a Biblioteca Maria Cláudia Del’Isola recebeu em doação, dois exemplares dos livros de poesia das mãos da doce poeta.