Itamaraty abre concurso de diplomata com 26 vagas e R$ 18 mil inicial

As inscrições podem ser realizadas entre 2 e 16 de julho. A taxa de inscrição é de R$ 30

O Ministério das Relações Exteriores (MRE) publicou, nesta quarta-feira (27/6) no Diário Oficial da União (DOU), o edital de abertura para o novo concurso público da carreira de diplomata. Serão ofertadas 26 vagas na classe inicial de terceiro secretário, sendo reservadas cinco oportunidades a candidatos negros e duas para candidatos com deficiência. O salário inicial é de R$ 18 mil.

O requisito para concorrer a uma das vagas é possuir nível superior, ter idade mínima de 18 anos, ser brasileiro nato, estar em dia com as obrigações eleitorais e também em dia com o serviço militar (no caso de candidatos do sexo masculino).

O certame exige que os candidatos também tenham disposição para servir no exterior, e a capacidade e disposição em resolver conflitos e enfrentar situações adversas e inesperadas, na defesa dos interesses do Brasil e de seus cidadãos no exterior.
A banca organizadora do concurso é o Instituto Rio Branco (IRBr), com a colaboração do Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe). O concurso será valido por 90 dias, a contar da data de publicação do resultado final, com possibilidade de prorrogação por igual período.

Inscrições
As inscrições serão aceitas entre 2 e 16 de julho por meio do site da organizadora. A taxa de participação é de R$ 230. Para se candidatar, o interessado deverá informar o número do seu Cadastro de Pessoa Física (CPF) e enviar fotografia tirada nos últimos seis meses anteriores à data de publicação do edital.

É previsto no documento que o candidato que não enviar a fotografia obedecendo às especificações constantes do edital, de tal forma que impeça ou dificulte a sua identificação durante a realização das provas, poderá, a critério do Cebraspe, ser submetido a identificação especial no dia de realização das provas.

Etapas do concurso
Serão realizadas três fases para classificar os candidatos. A primeira etapa é a prova objetiva, prevista para 26 de agosto com aplicação em todas as capitais do país e no Distrito Federal (DF). O exame será realizado em dois períodos: o primeiro com início às 9h30 e duração de 3 horas, e o segundo, às 15 horas, também com duração de 3 horas.

O exame será composto de 76 questões, cada uma com quatro itens para julgamento em certo ou errado. Vale ressaltar que cada questão marcada em discordância com o gabarito irá anular uma questão marcada corretamente.

Serão cobrados conhecimentos de língua portuguesa, língua inglesa, história do Brasil, história mundial, política internacional, geografia, noções de economia, e noções de direito e direito internacional público.

A segunda etapa consiste em uma prova escrita de língua portuguesa e inglesa para os 260 candidatos que obtiverem as melhores notas na prova objetiva. A realização da prova escrita de língua portuguesa está prevista para ser realizada em 2 de setembro. Já a prova de língua inglesa está prevista para 23 de setembro, ambas terão duração de 5 horas, com início às 14h.

A terceira etapa terá duração de 4 horas para cada conteúdo, sendo o primeiro aplicado às 9 horas e o segundo às 15 horas:

Os candidatos aprovados na três etapas serão matriculados no Curso de Formação do Instituto Rio Branco, cuja conclusão é essencial para a confirmação do servidor no Serviço Exterior Brasileiro.

Saiba mais em metropoles.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *