EUA proíbem 7 sabores artificiais encontrados em sorvetes e doces


O FDA (Food and Drug Administration), órgão equivalente à Anvisa no Brasil, proibiu sete aditivos artificiais, a maioria dos quais são comumente encontrados como ingrediente artificial de sabor em sorvetes embalados, chicletes, assados e doces.

Seis dos ingredientes foram retirados por terem causado câncer em animais de laboratório em alguns estudos – são elas a benzofenona, acrilato de etila, éter eugenilmetílico, mirceno, pulegona e piridina – são comumente usados como imitações de menta natural, cítricos e sabores de canela. Já uma sétima substância foi excluída apenas por não estar mais sendo usada pela indústria de alimentos.

A benzofenona, por exemplo, foi encontrada em cereais matinais, produtos de panificação e produtos lácteos congelados, enquanto o pulegona é usado como aroma de hortelã em balas e gomas de mascar.

“Embora a recente avaliação da exposição dessas substâncias não indique que elas representem um risco para a saúde pública sob as condições de seu uso pretendido, os peticionários forneceram evidências de que essas substâncias causaram câncer em animais que foram expostos a doses muito mais altas”, concluiu o FDA em um comunicado de imprensa.

Pode parecer uma proibição estranha, se o risco só ocorre em altas doses, mas a FDA tem uma regra desde 1958 que nenhum aditivo alimentar que cause câncer em humanos ou animais em qualquer quantidade poderia ser aprovado por eles.

Os dados apresentados pelas organizações de defesa na petição original de 2015 foram baseados em estudos como o relatório de toxicologia publicado na Série de Relatórios Técnicos do Programa Nacional de Toxicologia em 2006.

O estudo relacionou o consumo de benzofenona em ratos ao aumento da incidência de leucemia, sarcoma histiocítico como problemas renais e hepáticos.

Com base nesses resultados, o FDA está proibindo ainda mais a benzofenona para uso em embalagens de produtos plásticos.

Até que os fabricantes de produtos que atualmente usam esses ingredientes como imitadores de aromas naturais encontrem substitutos artificiais adequados, eles são encorajados a usar menta natural, canela e frutas cítricas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *