Vídeo de estudante paraense cantando música de Andrea Boccelli viraliza

Ronald Cardoso mora em Mosqueiro e recebeu uma bolsa de estudos da Fundação Amazônica de Música

Um vídeo postado na internet com o filho de pescadores Ronald Nonato dos Santos, de 10 anos, cantando na beira do rio a canção “Con Te Partirò”, do tenor Andrea Bocelli, seu ídolo, viralizou e apresentou o talento do garoto para além das fronteiras do distrito de Belém. O vídeo já alcançou mais de 260 mil visualizações e mais de 10 mil compartilhamentos na rede, sem contar os de grupos de Whatsapp.

O pequeno talento é estudante da Escola Municipal de Educação Infantil e Ensino Fundamental “Dr. Lauro Chaves”, localizada na Baía do Sol, em Mosqueiro, e participa também do Projeto Cantar-o-Lar, idealizado pelo músico Salomão Habib, que leva o ensino da música para alunos da rede pública de ensino.”Uma vez estava desenhando um menino que cantava e tocava violão e aí comecei a cantar. Aqui na escola aprendi a respirar melhor pra cantar e a tocar flauta doce. Durante uma aula, a professora colocou a música do Andrea Bocelli, gostei da forma diferente de cantar e me apaixonei pela ópera. Sinto uma alegria quando canto. Imagino logo que estou ao lado desses grandes cantores”, comentou Ronald, que também gosta de música gospel, reggae, música popular brasileira e brega. O pai do menino, o pescador Raimundo Nonato dos Santos, de 59 anos, lembra que o caçula dos cinco filhos, começou a cantarolar pela casa aos três anos e que tudo que faz é cantando. “Ele cantava bem baixinho no corredor de casa. Aí comentei com a mãe dele para prestarmos mais atenção. Quando a diretora chamou a gente foi uma surpresa, porque não sabíamos do projeto. Mas aí o professor Salomão conversou com a gente sobre o talento do nosso filho”, contou Raimundo. “O Ronald não para de cantar. É sempre uma alegria, ele não fica com raiva, ele canta até quando está comendo. Estamos muito felizes”, completou o pai.Em 2019, o projeto Cantar-o-Lar foi implantado na escola onde Ronald estuda. “O Ronald é um desses meninos abençoados com o talento musical. Uma característica muito forte é que ele lê cantando as histórias que vê. Também tem uma afinação muito firme e decora trechos musicais complexos de obras famosas. Quando o Cantar-o-lar chegou na escola, logo vi o potencial do talento do Ronald. A partir daí procurei ajudar da melhor forma”, comenta Salomão.”A voz do Ronald ainda é considerada tecnicamente uma voz “branca”, ou seja, não há ainda a formação completa do aparelho fonador. Sua voz ainda vai amadurecer. Inclusive não há aula de canto formal nesta idade. O que existe é um processo de musicalização onde se treina a voz”, explica o músico.Diante da repercussão do vídeo, o jovem foi agraciado com uma bolsa de estudos da Fundação Amazônia de Música (FAM). A Secretaria Municipal de Educação (Semec), junto com Salomão Habib, vem orientando o aluno e a família sobre as propostas de ajuda que estão surgindo.”Agradecemos todos da escola e do projeto que estão nos ajudando a encaminhar o Ronald para uma escola de música e realizar o sonho dele”, comenta seu Raimundo, que ao mesmo tempo em que incentiva o filho, o orienta a ter cautela sobre o futuro.

Fonte: https://www.oliberal.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *