Linha Direta terá especial sobre casa Ana Lídia

O programa Linha Direta da próxima quinta-feira (dia 22) exibirá um especial sobre o caso Ana Lídia. O crime que chocou Brasília em 1973 será contado em um programa que terá depoimentos de familiares de um dos acusados, jornalistas, do advogado da família da vítima, e do promotor e delegado que trabalharam no caso, entre outros.

Na simulação exibida no Linha Direta, Ana Lídia (Haydée Theodoridis) é deixada pelos pais no colégio e não é vista mais por eles. Um jardineiro da escola afirma que viu quando Ana Lídia foi levada da escola por um rapaz loiro e alto. No dia seguinte, o corpo da menina é encontrado na UnB.

O irmão da menina, Álvaro Henrique (Paulo Vilela), e um conhecido da família, Raimundo Duque (Caio Blat), foram acusados do crime na época, mas acabaram absolvidos por falta de provas. No fim do Linha Direta, será mostrado que até hoje o caso Ana Lídia é citado em Brasília como exemplo de impunidade e que o túmulo da menina é ponto de peregrinação de fiéis da capital federal.

Da redação do clicabrasilia.com.br, com agências