Novo julgamento é marcado

A ex-empregada doméstica Adriana de Jesus dos Santos, 24 anos, será julgada novamente em 10 de dezembro. No último dia 13, ela foi condenada a 58 anos de cadeia por estuprar, espancar, matar e ocultar o corpo da estudante Maria Claudia Del’Isola, em 2004. A legislação brasileira prevê que todos os condenados a mais de 20 anos de prisão têm direito ao segundo julgamento. A data do novo júri coincide com a do julgamento do ex-caseiro Bernardino do Espírito Santo Filho, 33 anos, que responde pelos mesmos crimes que Adriana e ainda por furto qualificado: ele roubou US$ 1,8 mil dos Del’Isola e fugiu para a Bahia após o homicídio. Mas, com a confirmação do segundo júri da ex-doméstica, a sessão que vai decidir o destino de Bernardino pode ser adiada mais uma vez: inicialmente, ele seria julgado com ela, em 13 de novembro, mas o tribunal decidiu desmembrar as sessões.

 

 

Editor: Samanta Sallum // samanta.sallum@correioweb.com.br
Subeditores: Ana Paixão, Roberto Fonseca, Valéria Velasco
e-mail: cidades@correioweb.com.br
Tels. 3214-1180 • 3214-1181

 

Correio Braziliense – Caderno Cidades – 21/11/07  Notas