Mas parentes de vítimas promete que ficarão olho nos assassinos A mãe de Maria Cláudia, Cristina Del

Adriana já foi condenada a 58 anos de prisão, mas terá direito a essa nova sessão do Júri. No final de semana, a mãe da jovem,  Cristina Del’Isola, preferiu não se envolver em todas as ações do movimento. Ontem, sob o efeito de remédios, ela participou da festa de Natal promovida para mil crianças e idosos carentes no colégio Marista, na 615 Sul. Uma das atividades do evento, foi a apresentação do espetáculo teatral História de um anjo. No palco, alunas e professoras do colégio onde Maria Cláudia estudou encenaram a vida da jovem. O pai da estudante, Marco Antônio Del’Isola, ficou emocionado com a homenagem. – A gente vai para uma segunda batalha. Queremos a pena máxima novamente, para fazer justiça não só pela minha filha, mas também por todas as Marias Cláudias dessa cidade – comentou. A festa de Natal movimentou cerca de 500 voluntários. Ao final, as crianças receberam das mãos do Papai Noel um brinquedo e um kit guloseimas. . Os idosos também se encantaram com a festa. O aposentado João Bosco, 79 anos, veio do Núcleo Bandeirante para prestigiar o evento junto com amigos do Lar dos Velhinhos. – É um espetáculo muito bonito, cheio de significado. A gente precisa protestar contra esse crime. Todo mundo esquece das vítimas que já morreram. Nossa lei só favorece os bandidos – opinou.