Motorista acusado de provocar acidente na ponte JK é condenado a 10 anos

www.correiobraziliense.com.br

Thaís Paranhos
Publicação: 15/03/2012 08:41 Atualização: 15/03/2012 10:52
O motorista acusado de provocar a morte do advogado Francisco Augusto Nora Teixeira em um acidente de trânsito foi condenado a uma pena de 10 anos. O julgamento, que começou nessa quarta-feira (14/3) no Tribunal do Júri de Brasília, terminou hoje (15/3) por volta de 1h.
Saiba mais…
Motorista indiciado por tragédia na Ponte JK nega que estava a 165 km/h Motorista acusado de homicídio na Ponte JK vai a júri popular nesta quarta

O réu, Rodolpho Félix Grande Ladeira, foi condenado por homicídio doloso, com qualificadora de perigo comum, pois estava em via pública e levou perigo a muitas pessoas que passavam pelo local.

O acidente de trânsito ocorreu na madrugada do dia 24 de janeiro de 2004, na ponte JK. Rodolpho estava dirigindo a 165 km/h, quando bateu na traseira do advogado. Durante seu depoimento o réu disse que estava a, no máximo, 120 km/h, que a vítima entrou bruscamente na sua frente sem lhe dar tempo para frear, e que não estava bem psicologicamente na época da tragédia.