4 ANOS SEM A PEQUENA ISABELLA

29 de março de 2008, um dia que jamais esqueceremos!

Naquele dia fatídico acontecia a tragédia envolvendo a pequena Isabella Oliveira Nardoni, que foi espancada, estrangulada e jogada do 6º andar do Edifício London, na zona Norte de São Paulo, onde o seu pai morava com a madrasta e com os seus dois irmãos, filhos do casal.
O crime aconteceu às 23:30 do dia 29 de março de 2008, sendo que a pequena, ainda com vida, foi socorrida pelos bombeiros, mas não resistindo aos ferimentos veio a falecer nos primeiros minutos da madrugada do dia 30.

Os acusados, julgados e condenados pelo assassinato da pequena Isabella são o pai e a madrasta da menina, Alexandre Alves Nardoni e Anna Carolina Trotta Peixoto Jatobá. Os dois foram julgados, pelo Tribunal do Júri, na noite de 27 de março de 2010, condenados por homicídio doloso triplamente qualificado, tendo as seguintes penas aplicadas; 30 anos de prisão, em regime fechado, (ele) e 26 (ela).

Os assassinos, julgados e condenados nunca assumiram o crime, mesmo diante de todas as provas e evidências e a defesa tenta, a todo instante, desclassificar o trabalho da polícia e perícia de São Paulo, tentando anular o julgamento ou conseguir a redução das penas, porém a pequena Isabella e sua família não tiveram uma 2ª chance e a eles só restou a dor da saudade e as lembranças de uma vida, ainda que curta, repleta de muito amor e alegria.

Que o seu caminho seja sempre repleto de luz pequeno anjo, que você possa descansar em paz e que Deus continue abençoando e dando forças para sua família superar essa perda irreparável, tendo a certeza de que você brilhará eternamente no céu, como uma linda estrelinha que jamais se apagará.

Isabella viverá para sempre em nossos corações!!!

Meu carinho e solidariedade à Ana Carolina Oliveira, mamãe da Isabella, e a toda família da pequena, em especial a vovó Rosa, avó materna da menina, a quem muito estimo e sempre consegui, desde os primeiros minutos, na condição de avó, me colocar no lugar dela.