BERNARDINO VAI A JÚRI DE NOVO

O Tribunal do Júri de Brasília leva ao banco dos réus, novamente, no próximo dia 18, o ex-caseiro Bernardino do Espírito Santo, 34 anos, acusado de estupro, atentado violento ao pudor e tentativa de homicídio contra uma menor de 14 anos, em abril de 2004, na Ponte do Gilberto Salomão, no Lago Sul. A sessão de julgamento começa às 9h e vai ser conduzida pelo presidente do Tribunal do Júri de Brasília, Juiz João Egmont Leôncio Lopes. Bernardino já teve uma condenação e cumpre pena pelo assassinato

da estudante Maria Cláudia Del’Isola. Ela morreu aos 19 anos, em dezembro de 2004, e os responsáveis pela
tragédia são Bernardino e Adriana dos Santos, 24 – ambos eram empregados da casa da família de Maria Cláudia.