Em comunidade carente de SP, PMs ajudam menino a fazer o dever de casa

image001 (1)

Quando uma criança tem dúvidas para fazer o dever de casa, geralmente pede para a mãe, pai ou até mesmo a um irmão mais velho. No entanto, na comunidade conhecida como Lixão do Sambaiatuba, em São Vicente, litoral de São Paulo – hoje ocupada pela Polícia Militar – a situação foi diferente. Os policiais foram surpreendidos por um garoto de nove anos que pediu ajuda no exercício de português. “Por causa da baixa luminosidade, o auxiliamos com uma lanterna,” contou ao Correio o Capitão Moura, um dos policiais.

A imagem dos três policiais ensinando o garoto comoveu as redes sociais e chamou atenção pelo cuidado da PM. Os agentes disseram que o garoto sempre tira dúvidas com os agentes do posto provisório, o que acabou criando um vínculo de amizade entre eles. “Ele sempre observava o trabalho humanitário dos policiais e passou até a comentar sobre sua vida. A partir desse vínculo, passou a tirar dúvidas escolares,” frisou o Coronel Ricardo Ferreira de Jesus.

Dentro do posto policial provisório de Sambaiatuba, os policiais colocaram uma carteira estudantil, onde agora todas as noites o menino vai estudar e contar como foi seu dia.