Ex-BBB Laércio de Moura é detido em Curitiba por suspeita de estupro

Laércio ainda é investigado por outros crimes previstos pelo Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA)

image001Diário de Pernambuco
Reprodução/Twitter

O ex-BBB Laércio de Moura, de 53 anos, foi detido na manhã desta segunda-feira (16/5) em Curitiba. Ele é suspeito de crime de estupro de vulnerável e de fornecer bebidas alcoólicas a adolescentes. O designer de tatuagem foi preso no Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente. Laércio participou da edição deste ano do Big Brother Brasil 16. A visibilidade provocada pelo reality show rendeu sucessivas denúncias contra ele, o que provocou o início das investigações.

Laércio deve ser interrogado na manhã desta segunda-feira. De acordo com a delegada responsável pelo caso, Patrícia Conceição Nobre Paz, o ex-BBB demonstrou práticas duvidosas, que desencadearam em diversas denúncias a nível nacional.

O designer de tatuagem foi eliminado no segundo paredão desta edição, quando disputou um “Fla-Flu” com a adversária Ana Paula. Ainda no confinamento, a ex-BBB Ana Paula Renault o acusou de pedofilia em algumas discussões, devido à maneira como o curitibano olhava as participantes mais novas do programa, Munik e Maria Claudia.

Na página oficial do Facebook, Laércio compartilhava imagens de meninas adolescentes e se dizia “efebófilo” – tem atração sexual por adolescentes.
Site: www.correiobraziliense.com.br